/

8ª sessão de restauro – 27/01/2018

Laterais já lixadas e alisadas, permitindo evolução dos trabalhos de restauro

Fechámos o quarto mês de trabalho com uma sessão de trabalho mais curta mas talvez por isso mais intensa, incidindo fundamentalmente no alisamento e decapagem dos painéis interiores, preparando-os assim para o seu restauro de pintura, envernizamento e montagem de embelezadores de madeira.

Tendo em conta a identificação de mais zonas de chapa a carecerem de reconstrução, vimo-nos obrigado a desmontar mais alguns painéis e todo um conjunto de uma janela, tendo assim sido feita mais uma impermeabilização exterior para colmatar a retirada da dita janela.

Depois desta sessão fica a faltar tratar uma pequena parte da lateral e o tecto.

Fevereiro será o mês em que o projeto de serralharia vai começar a ver a luz do dia, entre reconstrução de zonas da carroçaria e reforços estruturais a realizar.

Nestes primeiros quatro meses, os voluntários da APAC deram mais de 300 horas-homem a este projeto inédito no nosso país, a que se soma o tempo dispendido em deslocações para o Entroncamento, que está longe de ser um local próximo de qualquer um dos voluntários. Quando existe força de vontade e união, prova-se ser possível intervir a outro nível na preservação ferroviária nacional. Neste balanço de quatro meses queremos ainda agradecer ao Museu Nacional Ferroviário pela disponibilidade e confiança que têm reservado à nossa equipa!

Convidamos todos os nossos amigos a irem passando pelo Entroncamento em visita aos trabalhos, cujas inscrições podem ser feitas através do Museu Nacional Ferroviário. Não se esqueçam de apoiar a APAC, filiando-se e comprando as nossas publicações, principal fonte de financiamento deste projeto!



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *