/

As locomotivas CP 2600

As locomotivas CP 2600

As locomotivas 2600 foram construídas entre 1974 e 1975 (2601 – 2612) e entre 1987 e 1989 (2621 – 2629) e saíram de serviço durante o ano de 2011. Tratam-se das primeiras locomotivas elétricas de velocidade elevada que circularam no nosso país – 160 km/h entre Lisboa e Porto. Foram por isso mesmo a imagem de marca maior dos caminhos de ferro nacionais ao longo de praticamente três décadas, como o comprovam inúmeros materiais promocionais, calendários, livros horários e outros da própria CP.

As locomotivas 2600 foram titulares dos mais prestigiados comboios portugueses, como o Sud Expresso.
As locomotivas 2600 foram titulares dos mais prestigiados comboios portugueses, como o Sud Expresso.

Uma vez fora de serviço, estas locomotivas são fundamentais para o acervo museológico principal do nosso país – o Museu Nacional Ferroviário. Mas além disso, visto o excelente estado de conservação em que se mantêm, há fundadas razões para acreditar na viabilidade da conservação de uma ou mais unidades adicionais, entregues a um grupo voluntário, para utilização em comboios especiais. Com efeito, das locomotivas elétricas anteriores à geração da eletrónica de potência (introduzida em Portugal com as locomotivas 5600), apenas a locomotiva 2501 está em estado de marcha. Juntar-lhe por isso mais algumas unidades não é excessivo até pelos projetos turísticos que se podem desenhar de Norte a Sul.

A primeira etapa do projeto foi a constituição de um dossier congregador dos principais temas a considerar num assunto como este: as motivações, os critérios para escolha das locomotivas, as questões técnicas mais prementes, os planos de manutenção, perspetivas de financiamento e, não menos importante, a capacidade de recrutar talentos que permitam ao grupo ter nas suas fileiras o know-how fundamental para liderar a preservação de locomotivas tão singulares como estas.

Locomotivas 2600 encostadas no Entroncamento. Ajudar é vital!
Locomotivas 2600 encostadas no Entroncamento. Ajudar é vital!

Nesta página poderão ficar a par das novidades e também inscreverem-se para nos ajudar. Entre os próximos passos contam-se as negociações com as entidades relevantes no nosso país para a viabilização objetiva de um projeto como o que nos propomos implementar, não perdendo de vista outras possibilidades de colaboração que se possam desenhar pelo caminho.

Vamos fazer história no nosso país! Quer ajudar-nos? Entre em contacto para preservacao@caminhosdeferro.pt

 

Saber Mais

 

Notícias