/

Abertura de Procedimento de Classificação – Complexo Ferroviário do Barreiro

Foi hoje publicado em Diário da República, peça anexa a este artigo, a abertura do procedimento de classificação do Complexo Ferroviário do Barreiro e de um conjunto de material circulante com ele relacionado. Até 6 de Março podem ser apresentada reclamação e até 27 de Março recurso.

Será a primeira vez que um conjunto de material circulante poderá ser classificado, e inclui:

  • Locotractor 1170
  • Locomotivas 1211, 1214, 1432, 1505, 1550 (por definir número) e 1935
  • Automotora UTD 0600
  • Carruagens 10-69 511, 85-40 001 e 85-40 014

O prato forte deste processo é a classificação de todo o Complexo Ferroviário, constituído por:

  • Oficinas Gerais do Barreiro (estação original)
  • Rotunda das locomotivas
  • Estação Ferroviária do Sul e Sueste
  • Palácio Coimbra
  • Bairro Ferroviário do Barreiro

A DGPC cita nos documentos que podem ser acedidos aqui vários usos potenciais, de um grupo de trabalho que versou sobre a matéria e que releva no essencial as opções que a APAC tem defendido.

Pela liderança na proposta de classificação, congratulamos a Câmara Municipal do Barreiro e a Associação Barreiro Património Memória e Futuro, com a qual colabamos ativamente e à qual aportámos também o nosso parecer sobre este ponto.

Após conclusão favorável do processo, urge pensar na rentabilização e preservação de todo este património imóvel e circulante, para o qual a APAC continua determinada em propor uma visão estratégica e intervenções específicas que permitam a regeneração do património em favor desde logo da cidade do Barreiro e a correta interpretação e valorização do legado ferroviário do Barreiro.

Download Attachments



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *