Programa de conversas e exibições da APAC # 2018

A APAC retoma as atividades na sua Sede Nacional, em Lisboa – Santa Apolónia, nos terceiros sábados dos meses de Março, Abril e Maio, com início pelas 16:00 e com duração aproximada de 2 horas.
Os interessantes conteúdos encontram-se abaixo resumidos.
A participação é também aberta a Não-Sócios da APAC.
Apareça, participe!

Dia 17 de Março | Filme, a cargo de Luís Moura
Titulo: Um dia em Medina

Medina


Em 1998 Medina já não era aquela estação de 30 anos antes em que todos os comboios mudavam de locomotiva e em que a cantina servia centenas de “desayunos ó bocadillos y algo de beber” no quarto de hora, vinte minutos e tantas vezes mais, de paragem de cada comboio. Mas ainda não era o “deserto” de hoje. Para além dos inúmeros Talgos III ainda havia muitos comboios com locomotiva e carruagens. Nas 14 horas que lá estivemos vimos passar umas boas dezenas de comboios de passageiros e bastantes de mercadorias, quase todos com paragem.

Dia 21 de Abril | Slides, a cargo de Owen Brison
Título: Os eléctricos de Lisboa

Elétrico


Para um jovem sideromófilo vindo do outro lado do mundo e chegado a Lisboa no final dos anos 70, os eléctricos, com a sua enorme variedade e numa rede ainda muito extensa, foram uma paixão à primeira vista.
Vamos pois deliciar-nos com uma selecção das suas fotos, de enorme qualidade, de uma época tão próxima mas já tão longínqua.

Dia 19 de Maio | Conferência, a cargo de Nelson Oliveira
Titulo: A evolução da tração a vapor nos Caminhos de Ferro do Sul e Sueste. Das origens ao arrendamento pela CP.

Vapor


O autor continua a sua abordagem à história da evolução técnica da tracção a vapor na rede de via larga, desta vez dedicando a atenção aos Caminhos de Ferro a sul do Tejo, começando nas companhias primitivas e passando pela gestão do Estado até 1927, ano em que a CP toma as linhas de arrendamento.
Nesta sessão tentar-se-á dar um breve panorama sobre as características e algumas estórias das séries mais representativas, enquadrando-as na evolução da tecnologia da tracção a vapor e na evolução dos serviços.

Deixe uma resposta