APCC 6570 – Uma memória de grande sucesso

A história da APCC 6570 começou como tantas outras por essa Europa fora: perante a hipótese de sair de serviço ou até de serem sucateadas séries de locomotivas importantes, um grupo de entusiastas reuniu-se para preservar, por sua conta e risco, uma locomotiva.

A série CC 6500 está para França um pouco como as 2600 estão para Portugal: foram a última evolução da eletromecânica, na era pré-eletrónica de potência, para responderem ao duplo desafio do aumento de velocidade na rede francesa e aumento das cargas transportadas, sobretudo nos comboios de mercadorias.

essai_12

Sediada em Avignon, a APCC 6570 preserva a locomotiva CC 6570 desde 11 de Dezembro de 2014, altura em que esta foi dada de baixa nos efetivos da SNCF após uma apressada e inesperada retirada da série, apanhada num dos numerosos (e infrutíferos) planos de salvação da divisão Fret (mercadorias) da SNCF.

Para conseguirem os seus objetivos, a quinzena de pessoas que fundou a associação montou um projeto que apresentou sucessivamente à direção do depósito titular da série (na altura, Lyon Venissieux) e à direção de material da SNCF, que deram o seu acordo a uma cedência temporária e protocolada da CC 6570. A locomotiva ficaria na posse da SNCF, mas a responsabilidade pela sua manutenção e conservação cabe à associação.

Secagem dos motores, para evitar problemas em funcionamento. Foto: APCC 6570.

Secagem dos motores, para evitar problemas em funcionamento. Foto: APCC 6570.

O caminho não foi fácil, mesmo tratando-se uma locomotiva que saiu diretamente de serviço para o depósito de Avignon, onde a associação a guarda com o apoio da SNCF Réseau. Mas ultrapassadas as questões formais relativas à forma do protocolo de cedência e aos seguros que a associação teve de subscrever, o grupo tem tido um dinamismo assinalável a ponto da CC 6570 ser uma das maiores estrelas da rede francesa, realizando várias viagens por ano.

Após muito trabalho de restauro, em 2006 a locomotiva voltou a andar. Foto: APCC 6570

Após muito trabalho de restauro, em 2006 a locomotiva voltou a andar. Foto: APCC 6570, Pierre Chavernac

O grupo ganhou o prazer inigualável de poder manter viva uma das suas melhores e maiores memórias ferroviárias e a SNCF os ganhos reputacionais que o projeto tem originado, pois o dinamismo da associação leva-a a ser parceira de vários eventos culturais de diversas ordens, para os que a associação habitualmente realiza viagens especiais para transporte de turistas.

Entre as muitas atividades da APCC 6570, contam-se passeios de índole entusiástica, com paragens para fotografias a meio do percurso, passeios turísticos para coincidir com eventos especiais (como a Fête des Lumières, de Lyon, anualmente) ou ainda batismos de cabine, em que quem quiser pode comprar bilhete para uma viagem a bordo da cabine da 6570, em marchas especialmente realizadas para o efeito. Já houve também a oportunidade de fazer a CC 6570 circular em comboios de mercadorias ocasionais, para desentorpecer os rodados!

Comboio especial para a festa das Luzes, de Lyon, com uma placa de um célebre comboio que pertenceu às CC 6500. Foto: APCC 6570.

Comboio especial para a festa das Luzes, de Lyon, com uma placa de um célebre comboio que pertenceu às CC 6500. Foto: APCC 6570, Pierre Chavernac.

A associação aproveita habitualmente os seus eventos para produzir materiais cuja venda fornece uma receita adicional potencialmente útil para algumas intervenções a realizar na locomotiva. São disso exemplo postais ou DVDs sobre as viagens.
Nesta associação de amigos dos caminhos de ferro, a força de vontade imperou sobre os obstáculos e foi possível demonstrar a capacidade de entusiastas para preservar uma locomotiva tão majestosa (e, por isso, complexa) e o interesse que este tipo de projetos fora do comum tem para empresas com preocupações de integração na sociedade civil, como é o caso da SNCF.

A APCC 6570 é um exemplo que nos motiva. Convidamos a visitar a sua página web e a participar, sempre que possam, nos seus eventos. Na página da associação podem encontrar reportagens sobre as ações de manutenção regulares que o grupo promove para boa saúde da sua protegida. Vale a pena!

Deixe uma resposta