Apoie o Museu Nacional Ferroviário com o seu IRS

A APAC reproduz aqui o comunicado do Museu Nacional Ferroviário e apela a todos os amigos dos caminhos de ferro a participarem no financiamento da preservação ferroviária atribuindo à Fundação do Museu Nacional Ferroviário 0,5% do IRS pago, na declaração de 2018 que é entregue a partir de Abril. Esta operação não tem custos para o contribuinte, apenas se trata da obrigação de afectar parte dos impostos já pagos a uma entidade à escolha.

No ano transacto, as doações em sede de IRS à Fundação do Museu Nacional Ferroviário foram colocadas à disposição do projecto de restauro da automotora 0111, realizado por voluntários da APAC em associação com o serviço de voluntariado do Museu, o que naturalmente saudamos e prova o interesse na adesão a esta campanha.

Toda a informação relevante e instruções para participar encontram-se abaixo.

Com efeitos desde o ano fiscal de 2017, a Fundação Museu Nacional Ferroviário (FMNF) passou a poder beneficiar da consignação de 0,5% do IRS liquidado aos contribuintes, ao abrigo do estatuto de entidade de utilidade pública que desenvolve atividades de natureza e interesse cultural.

Neste primeiro ano a FMNF auferiu cerca de 3.260,00 Euros, montante que será totalmente investido no projeto de conservação e restauro da automotora Nohab, peça emblemática da coleção do museu e cujo restauro está a ser executado pela Associação Portuguesa de Amigos dos Caminhos de Ferro (APAC), num projeto enquadrado no Serviço de Voluntariado da Fundação.

A consignação do IRS liquidado é uma das formas mais simples dos cidadãos poderem apoiar uma causa cultural, social ou ambiental. O valor consignado é retirado ao total que o Estado já recebeu e não ao imposto a ser devolvido. A Operação não acarreta qualquer custo e demora apenas alguns segundos.

Para contribuir selecione a opção “Instituições Culturais com estatuto de utilidade pública” e coloque o NIF 510081266, no modelo 3, quadro 11, da sua declaração.

Esta é uma medida totalmente gratuita para os contribuintes e um apoio muito importante para o Museu Nacional Ferroviário.

Deixe uma resposta